Will Smith pode perder o Oscar por tapa em Chris Rock? Entenda o caso

O tapa que Will Smith deu em Chris Rock pode tirar do ator seu primeiro oscar (prêmio de Melhor Ator por King Richard: Criando Campeã). Na cerimônia de premiação, neste domingo (27) Will subiu ao palco e deu um tapa no humorista que fez uma piada com sua mulher, Jade Smith, que sofre com alopecia.

Ao jornal New York Post, uma fonte de destaque em Hollywood afirma que essa é uma possibilidade: “Foi basicamente uma agressão. Todos ficaram chocados, foi muito desconfortável. Eu acho que o Will não aceitaria devolver seu Oscar, mas ninguém sabe o que vai acontecer agora”.

Procurada pelo jornal, a Academia não respondeu se pretende tomar medidas para punir Will Smith. Após o encerramento da cerimônia de premiação, a instituição se manifestou dizendo que não tolera qualquer forma de violência.

Por enquanto, Will Smith não enfrentará problemas. Em nota enviada à revista Variety, o Departamento de Polícia de Los Angeles disse que Chris Rock optou por não abrir um boletim de ocorrência, mas se colocou à disposição do comediante caso ele mude de ideia.

Em seu discurso após vencer o seu primeiro Oscar de Melhor Ator, Will Smith pediu desculpas à Academia e disse que esperava ser convidado para o evento novamente.]

Treta vem de antes do oscar

A Bahia voltou a divulgar dados sobre a pandemia da Covid-19 no estado neste domingo (27) e registrou uma baixa no número de casos ativos. De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), 1.346 pessoas estavam com a doença, 86 a menos que os 1.432 casos identificados na sexta-feira (25), último dia em que os dados foram veiculados.

Um total de 1.046 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,07%), 1.130 recuperados (+0,08%) e mais 01 óbito foram identificados nas 48h que antecederam a emissão do boletim. De acordo com a pasta, dos 1.530.054 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.499.050 já são considerados recuperados e 29.658 tiveram óbito confirmado.

No sábado (26), a Sesab informou que, por conta de problemas na base de dados gerada pelo Ministério da Saúde, apenas as informações sobre óbitos seriam divulgadas naquele dia. Apenas uma morte foi registrada (relembre aqui).

Os índices de vacinação apontam para uma cobertura de 53,49%. Até o momento, mais de 11,4 mil pessoas tomaram a primeira dose, 10.499.271 a segunda dose ou dose única e 4.705.656 receberam a dose de reforço. Do público de 5 a 11 anos, 790.002 crianças já foram imunizadas com a primeira dose e 116.703 já tomaram também a segunda dose.

Essa não é a primeira vez que Rock provoca o casal de atores. Em 2016, quando ele foi apresentador do Oscar, o criador da série Todo Mundo Odeia O Chris fez piada sobre a decisão dos Smith de boicotar a Academia em protesto pela falta de indicações de artistas negros à premiação.

“Jada disse que não vem. Eu fiquei tipo, Jada vai boicotar o Oscar? Jada boicotar o Oscar é como eu boicotar a calcinha da Rihanna. Eu não fui convidado!”, comentou na época.

Piada?
Mais tarde no evento, Rock também zombou do astro de Um Maluco no Pedaço, cujo nome foi cogitado para uma indicação pelo papel no filme Um Homem Entre Gigantes, mas não entrou na lista da Academia.

“Não é justo que Will atue tão bem e não tenha sido indicado… Mas também não é justo que ele tenha recebido US$ 20 milhões por As Loucas Aventuras de James West”, zombou, fazendo referência a um filme de 1999 que é conhecido como um fracasso na história de Smith.

O histórico não termina por aí. Em 2018, Will Smith usou as redes sociais para parabenizar Sheree Zampino, mãe de seu primeiro filho, pelo seu aniversário. Chris Rock comentou: “Uau! Você tem uma esposa muito compreensiva”, em referência à Jada.

Entenda o tapa
Em cima do palco do Dolby Theatre para apresentar a categoria de Melhor Documentário, Chris Rock disse que mal podia esperar por Jada em possível novo filme Até o Limite da Honra 2, lembrando que a atriz principal do primeiro filme tinha a cabeça raspada — no Brasil, o longa se chama Até o Limite da Honra, estrelado por Demi Moore.

A “piada”, no entanto, se referia a decisão da apresentadora do Red Table Talk de raspar os fios por ter uma doença autoimune, chamada alopecia, que faz com que a pessoa apresente um afinamento e queda de cabelo.

A lista de provocações parece não ter sido digerida muito bem pelo vencedor da estatueta de Melhor Ator, pelo filme King Richard: Criando Campeãs. Minutos antes de receber o prêmio, Will se levantou sem dizer uma palavra e deu um tapa no rosto de Rock, no meio da cerimônia.

O climão tomou conta do evento, e a situação não terminou por aí. Assim que voltou a sua cadeira ele complementou a indignação, repetindo duas vezes: “Deixe o nome da minha mulher fora da p*rra da sua boca!”

Na sequência, Jada e Denzel Washington conversaram com Will Smith e o acalmaram. Ambos trocaram palavras sobre o ocorrido enquanto Jada se ajoelhava, em tom de desespero, diante do marido.

Pedido de desculpas
O ator Will Smith ganhou, pela primeira vez, o prêmio de Melhor Ator, neste domingo (27/3), pela atuação em King Richard: Criando Campeãs. Em discurso, ele pediu desculpas a academia e falou o que o motivou a agressão.

“Eu sei que em nossa profissão temos que ser capazes de aceitar abuso, ouvir loucuras, ouvir pessoas nos desrespeitando, sorrir e fingir que está tudo bem. Então Denzel Washington me disse, e eu adorei ouvir isso, que ‘nos meus melhores momentos, preciso ter cuidado, pois é aí que o diabo vem’”, comentou Smith, após a confusão. “Quero ser um caminho para o amor”, concluiu.