Vídeo mostra sertanejo Cauan, que está internado em estado grave, debochando da Covid-19

O cantor Cauan Máximo, da dupla com Cleber, aparece em um vídeo antigo ironizando a contaminação pelo coronavírus (assista abaixo). Na imagem, o cantor bate no peito e “brinca” que não tem medo do vírus. Atualmente, o sertanejo está internado em estado grave, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital em Goiânia, após ser diagnosticado com Covid-19.

O vídeo começou a circular nas redes sociais nesta terça-feira (18). Por telefone, a assessoria do cantor disse que a gravação é de março e não vai se pronunciar no momento, pois, agora, “o foco é a recuperação total” do artista.

Nas imagens, a pessoa que grava o vídeo inicia um diálogo com Cauan e diz que a reunião é realizada “escondida” do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), pois, logo após a divulgação dos primeiros casos de coronavírus no estado, o político mandou fechar todo o comércio não essencial e proibiu aglomerações. No vídeo, eles falam:

Pessoa desconhecida: “Nós tá escondido do Caiado aqui, e olha quem chegou aqui (SIC)”.
Cauan: “Peita ‘ni’ nós, coronavírus (SIC)”.
Pessoa desconhecida: “Peita aqui, Caiado”.
Cauan: “Peita, coronavírus, vem ‘ni’ nós (SIC)”.
Pessoa desconhecida: “Peita. Aqui não ‘fi’, aqui nós não pega o ‘bicho’ não. A viola vai comer agorinha”.

Ao G1, a assessoria do governador informou que Cauan e Caiado são amigos e que não vai se pronunciar sobre o vídeo.

Até a última atualização do boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde do Estado de Goiás (SES-GO), na segunda-feira (17), o estado já tinha mais de 103 mil pessoas infectadas e 2.336 mortos pelo coronavírus. Só na capital, são mais de 26,6 casos confirmados, sendo 667 óbitos.

Discreta melhora’

Internado há seis dias, Cauan apresentou um “discreta melhora” no pulmão, conforme o boletim divulgado na manhã desta terça-feira pelo Hospital Anis Rassi, onde está hospitalizado. Desde o início do tratamento, ele já foi transferido duas vezes de unidades de saúde.

O boletim salienta que o cantor passou por uma tomografia nesta manhã, a qual mostrou “discreta melhora do comprometimento pulmonar”. Desde que foi internado, ele já chegou a ter 70% do órgão comprometido. Cauan se mantém em oxigenioterapia contínua.