Viatura da PM é alvejda por bandidos em Muritiba: “pensei que não fosse ver minha família”, diz policial

Uma viatura da Polícia Militar foi alvejada por diversos tiros no município de Muritiba, localizado a 114 km de Salvador. Segundo a policial feminina (Pfem), que estava na viatura, tudo aconteceu na noite do dia 31 de dezembro, quando ela e um colega faziam rondas pela cidade e se depararam com dois bandidos.

“Ao verem a viatura, eles iam correr, quando viram um homem e uma mulher, eles enfrentaram e ficaram de frente para a viatura, a menos de dois metros de distância e começaram a efetuar disparos contra o motorista. Automaticamente, eu que tive um instrutor muito bom, revidei contra eles e me joguei por cima do motorista e comecei a atirar da janela do motorista.

Eles não paravam e quando viram que a gente não parava, eles atiraram também contra o meu lado, eu revidei, trocando de lado, vindo atirar para o lado do carona. Quando eles viram que meu carregador acabou e eu ia recarregar, eles correram. A gente não conseguiu atingir ninguém, mas também saímos ilesos.

A Pfem ainda criticou o fato de estarem apenas dois policiais na viatura e explicou que eles trabalham dessa forma, o que não era mais para existir. “Na hora da batalha, a gente tem que olhar pela nossa vida e do companheiro. Espero que os nossos governantes se atentem, porque se tivesse um terceiro [policial] na viatura a história seria outra”.

Emocionada, a Pfem explicou que não sabe o tempo que durou o confronto, mas que para eles foi uma eternidade: “mas foram momentos em que a gente pensava que não ia conseguir voltar para casa para ver nossos familiares no primeiro dia do ano”, concluiu a policial.

AquiBahia