Sputnik V oferece cerca de 90% de eficácia contra a variante Delta

A vacina russa Sputnik V oferece cerca de 90% de proteção contra a variante Delta, informou, esta terça-feira (29), Denis Logunov, diretor do Instituto Gamaley que desenvolveu a vacina, citado pela agência de notícias russa RIA. De acordo com estudos realizados previamente, a Sputnik V é 92% eficaz contra o vírus original da Covid-19.

Ainda em declarações à agência noticiosa, Logunov explicou que a eficácia da vacina contra a variante Delta foi calculada com base em informação de registros médicos e de vacinação.

Neste momento, na Europa, onde a variante Delta tem começado a disseminar-se, têm surgido preocupações sobre a eficácia das vacinas contra a nova estirpe. Contudo, de acordo com os últimos dados do Reino Unido, duas doses das vacinas que estão a ser atualmente administradas pelos europeus oferecem proteção contra a Delta, designadamente, 96% a Pfizer e 92% a AstraZeneca.Vale lembrar que a vacina Sputnik V, a primeira a ter sido administrada no mundo, ainda não foi autorizada pela Agência Europeia do Medicamento (EMA).