Sérgio Moro compara fraudes em ações de combate ao coronavírus a genocídio

O ex-ministro da Justiça Sérgio Moro fez duras críticas às acusações de fraudes e desvio de dinheiro público em ações de combate ao coronavírus. ‘são quase como um genocídio’, disse, na noite deste domingo (5), em entrevista à Globo News.

Sobre as denúncias de corrupção na saúde, alvo do Ministério Público e da Polícia Federal nos estados, o ex-juiz disse que como cidadão se sente mal. “Nenhuma sociedade vive com níveis tão gritantes de corrupção ou impunidade”, disse.

Com informações do G1