Senador Jaques Wagner também teve celular clonado por criminosos

Além do deputado Márcio Marinho (Republicanos), outro político baiano teve o WhatsApp clonado por criminosos nesta semana: o senador Jaques Wagner.

O fato aconteceu na última quarta-feira e foi confirmado ao Bahia Notícias pela assessoria de imprensa do ex-governador, que acrescentou ainda que a Polícia Legislativa do Senado Federal foi acionada no mesmo dia.

O golpe foi semelhante ao praticado contra Márcio Marinho. Os criminosos se aproveitaram da agenda telefônica do senador e pediram dinheiro emprestado, via transferência bancária, a amigos, familiares e outros contatos.

Segundo a assessoria de imprensa de Wagner, não há a informação de que alguém tenha transferido dinheiro para os criminosos.

BN