Sandro Régis repudia ataque de Rui Costa contra Paulo Câmara: “Atitude abominável”

O deputado estadual Sandro Régis (Democratas), líder da Oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), repudiou nesta quinta-feira (19) a declaração, em tom de ameaça, dada pelo governador Rui Costa (PT) contra o deputado Paulo Câmara (PSDB), que tem proposto um debate em torno da responsabilidade do governo baiano sobre o aumento do preço dos combustíveis.

Rui afirmou que Câmara deveria ser interpelado pelo Conselho de Ética da ALBA. “Como disse o ex-governador Octávio Mangabeira, pense num absurdo, na Bahia tem precedente. Em pleno século XXI, um governador faz uma ameaça neste nível contra um parlamentar que faz, de forma responsável, seu trabalho de fiscalizar as ações do governo. É uma atitude abominável”, disse Régis.

“Ao atacar um deputado, o governador ataca também o Parlamento baiano e os seus representantes. Ele deveria entrar no debate e explicar por quê o governo mexe no cálculo que incide diretamente sobre os preços dos combustíveis. Ao invés disso, o que faz o governador? Ataca a democracia e afronta a harmonia e a independência entre os poderes”, acrescentou.

Para Régis, a atitude do governador não é surpresa. “Esse autoritarismo, que o PT inclusive tanto critica no discurso, é o que eles fazem na prática. Me solidarizo com o deputado Paulo Câmara, em nome da nossa bancada”, completou o líder do bloco oposicionista.