Sandro Régis rebate Luiz Caetano: ‘Se preocupem com os graves problemas da Bahia’

Sandro Régis, líder da oposição na Assembleia Legislativa

O deputado estadual Sandro Régis (DEM), líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), rebateu nesta sexta-feira (3) o secretário estadual de Relações Institucionais, Luiz Caetano (PT), e afirmou que a preocupação do governo estadual deveria ser tirar a Bahia da liderança do ranking de homicídios e do último lugar em educação.

Luiz Caetano afirmou, em entrevista ao Bahia Notícias também nesta sexta, que o evento de lançamento da candidatura de ACM Neto (DEM) teve uma “representatividade muito fraca” e que o ex-prefeito de Salvador deveria se preocupar com João Roma (Republicanos), também pré-candidato ao governo do estado.

“Um conselho que deixo para Caetano e seu grupo e que se preocupem com os graves problemas da Bahia, como os da segurança pública e da educação. Ao invés de ficarem fazendo politicagem barata, a preocupação deles deveria ser tirar a Bahia do vergonhoso primeiro lugar do ranking de homicídios e do último lugar no ensino médio”, disse Sandro Régis.

“A Bahia ainda amarga a maior taxa de analfabetismo do Brasil e tem o maior número de pessoas em situação de extrema pobreza, mas a preocupação de Caetano é com o nosso evento. Isso diz muito sobre o PT nesses quase 16 anos de governo: muita politicagem e poucas entregas para o povo. Eles deveriam é parar de prometer e tentar trabalhar, porque o estrago que vão deixar é grande”, continuou.

O parlamentar ainda criticou obras das gestões petistas que, segundo ele, geraram custos muito altos para os cofres públicos.

“O legado de Wagner é uma Fonte Nova que custa R$ 3 bilhões e leva a alcunha de estádio mais caro do mundo. Sem contar na ponte Salvador-Itaparica, que está só na promessa e que agora já está orçada em R$ 9 bilhões, quase o dobro do previsto. É uma vergonha”, criticou.