Rio: climatologista prevê desaparecimento de 100 cidades no próximo século

Estima-se que muitas cidades litorâneas desaparecerão causando a migração de 1,6 bilhão de pessoas e, segundo o glaciologista, esse fenômeno é inevitável e “não há como voltar atrás”. De acordo com Marshall, de entre as principais cidades condenadas estão o Rio de Janeiro (Brasil), Nova York e Miami (EUA), Londres (Reino Unido), Pequim e Xangai (China).

Na lista dos principais causadores dessa terrível mudança climática estão a China, Estados Unidos, Índia e Rússia, segundo o especialista, adicionando que o Ártico, Groenlândia, Rússia, Canadá, Noruega e Peru são as áreas mais problemáticas do mundo.

Sputnik News