Profissionais do sexo de Salvador recebem cestas básicas durante a pandemia

A distribuição de cestas básicas às profissionais do sexo no período de enfrentamento à pandemia do coronavírus está sendo mantida em Salvador.

A distribuição é feita pela Secretária Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza de Salvador (Sempre) em atendimento ao reforço da demanda feita pela Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE-BA).

A  Sempre, em articulação com a Secretária de Reparação de Salvador e a Diretoria Geral das Prefeituras Bairros, entregou, na última semana, 44 cestas básicas a Instituição Beneficente Conceição Macedo (IBCM), que atua na prevenção do HIV. Os mantimentos serão repassadas às profissionais do sexo atendidas pela IBCM.

Enviada em meados de maio, a Defensoria recomendou ao órgão municipal que estabelecesse uma política de seguridade social durante a pandemia de modo a também abranger a oferta de cestas básicas a este público em situação de vulnerabilidade.

Ainda em abril a Sempre e a IBCM percorreram a orla soteropolitana recolhendo nomes e dados das profissionais do sexo que vinham atuando na rua e não contavam com esta assistência neste momento de calamidade pública. A Defensoria solicitou que as cestas fossem entregues mensalmente para as profissionais catalogadas na instituição, além das que ainda viessem a ser listadas, durante o período.

BN