PRF na Bahia recebe cadela K9 Ruth para auxiliar nas ações de combate à criminalidade no estado

Os cães de faro possuem um olfato cerca de 50 vezes maior que o dos seres humanos, otimizando o trabalho de localização de drogas e armas de fogo.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) adquiriu uma nova cadela para atuar na Superintendência Regional na Bahia. A mais nova integrante do Grupo de Operações com Cães (GOC/BA) veio de um canil em Goiânia (GO), que é especializado na criação deste tipo de animal e permaneceu em treinamento por 2 meses no GOC (DF).

A cadela se chama Ruth, da raça Pastor Belga Malinois, que é uma das mais indicadas neste tipo de serviço de sinalização de ilícitos, pois assimilam com mais rapidez e eficiência os comandos dos treinadores, além de possuírem um olfato mais apurado. Ela chegou em agosto e já integra a equipe do GOC/BA, que sentiu a perda precoce do K9 Holmer, que em razão de uma enfermidade que comprometeu seu sistema de saúde, foi necessária sua aposentadoria com apenas 4 anos de idade .

Com a nova aquisição, o GOC passa a atuar com três K9 (Ruth, Fridel e Raia).

Os policiais rodoviários federais lotados no GOC, possuem formação em curso especializado da PRF para atuar com cães farejadores, e que pela natureza da atividade acabam criando um forte vínculo com o cão. O K9 atua como uma extensão do policial nas ações, uma verdadeira relação de confiança e parceria.

Ascom PRF