Praça recém-inaugurada pela prefeitura de Ipiaú foi alvo de vandalismo

Construída para o lazer da população a recém-inaugurada praça Egildo Barberino, no Bairro Constança, foi alvo de vandalismo. Na manhã desta segunda-feira,12, moradores da área constataram que uma das mesas de jogos ali instaladas, teve o seu sustentáculo destruído. Tudo indica tratar-se de um ato proposital, caracterizando assim um crime contra o patrimônio público. O município investiu R$ 238.551,34 mil na construção desta praça.

Prepostos da Prefeitura estão mobilizados com o objetivo de identificar a autoria da ação criminosa que revoltou os usuários do espaço e provocou tristeza entre os familiares de Egildo Barberino. Eles também se dedicaram para que a praça em sua homenagem ao saudoso cidadão ficasse muito bonita e torna-se um local onde crianças e adultos utilizam para recreação e convivência social.

A prefeita Maria das Graças Mendonça lamenta a falta de consciência de algumas pessoas e se disse triste pela falta de valorização da praça construída com recursos do município .

O ato de vandalismo é crime (dano ao patrimônio público), previsto no artigo 163 do Código Penal – “Destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia”. A pena em caso de condenação por dano simples é detenção de um a seis meses, ou multa de um a seis salários mínimos (R$ 1.045 a R$ 6.270).

José Américo Castro – Prefeitura de Ipiaú/Dircom