Policial federal baiano é assassinado no Pará; sindicato da PF lamenta

Um policial federal baiano, lotado no Grupo de Polícia Marítima da Superintendência da PF no Pará, foi morto no município de Goianésia do Pará na madrugada deste domingo (10) após assalto a ônibus.

Conforme a polícia do Pará, o policial federal foi morto durante um assalto a um ônibus no trecho entre Jacundá e Goianésia. Os suspeitos, segundo o motorista do veículo, mandaram parar o ônibus no meio da estrada, com arma de fogo, anunciaram o assalto e perguntaram se havia algum policial a bordo.

Após a negativa do motorista, os suspeitos fizeram uma vistoria no veículo, e encontraram o policial, onde atiraram.

Segundo informações do Boletim de Ocorrência, o motorista disse que o criminoso que estava na cabine “falou que tinha dado um tiro no policial, pela fresta da porta da cabine, pois o policial tinha atirado em seu parceiro, mas falou que não atirou para matar”.

Após a ação dos bandidos, o motorista prosseguiu até Jacundá/PA, onde tinha unidade de saúde mais próxima para socorrer o policial. No entando, o profissional de segurança pública não sobreviveu.

O presidente do Sindicato dos Policiais Federais da Bahia (SINDIPOL-BA), José Mário Lima, lamentou a morte do colega: “Estou profundamente sentido. Era um grande profissional, e com frequência também trabalhava na Bahia em missões policiais. Nós do Sindicato lamentamos profundamente e reiteramos por uma investigação célere do caso, com diligências já ocorrendo no sentido de captura dos criminosos ”, disse.

Metro 1