Pessoas vacinadas com Moderna e Pfizer não transmitem o coronavirus

As vacinas da Moderna e da Pfizer contra a Covid-19 foram testadas e apresentaram resultados satisfatórios a respeito da carga viral dos imunizados.

As avaliações mostraram que pessoas já imunizadas não carregam o vírus e não podem propagar a doença, apresentando ainda um risco muito baixo de infecção. A afirmação vem como resultado de uma pesquisa conduzida pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, o CDC.

Ao todo, cientistas analisaram 3.950 profissionais de saúde vacinados, além de socorristas e outros trabalhadores essenciais, em oito localidades dos EUA durante um período de 13 semanas, entre 14 de dezembro de 2020 a 13 de março de 2021. Após a segunda dose do imunizante, o risco de infecção pelo SARS-CoV-2 reduziu em 90%.

“Não são apenas testes clínicos, mas dados da vida real’, afirmou Rochelle Walensky, diretora do CDC à imprensa, dizendo ainda que as descobertas trazem esperança a milhões de norte-americanos que estão sendo vacinados todos os dias. “As vacinas autorizadas são a peça-chave que vai ajudar a colocar um fim nessa pandemia devastadora”, completa.

Mesmo com a notícia positiva, a recomendação do CDC é que as pessoas vacinadas continuem usando máscaras, praticando o distanciamento social e evitando aglomerações.