“Nossa sorte é que não tinha ninguém”, desabafa diretor de escola atingida por rompimento de barragem

Uma escola de educação infantil foi um dos locais atingidos pelo rompimento da barragem, na cidade de Pedro Alexandre, a cerca de 435 quilômetros de Salvador, nesta quinta-feira (11). Localizada no distrito de Boa Sorte, a unidade educacional ficou destruída após a água tomar conta da única sala de aula.

De acordo com o diretor da Escola Municipal de Boa Sorte, Edrovaldo de Jesus, cerca de 20 crianças estudam no local, no entanto no momento do ocorrido, por volta das 7h30 desta quinta, a escola estava fechada devido ao prolongamento do recesso junino.

“A Secretaria de Educação tinha estendido as férias justamente por causa da chuva que estava ocasionando estagos nas pistas e por isso os estudantes não conseguiriam chegar. Nossa sorte é que não tinha ninguém aqui no momento”, contou.

Ainda segundo o diretor, os moradores da região conseguiram retirar algumas mesas e cadeiras da escola, entretanto o material já estava danificado após a inundação. Emocionado, ele diz que não conseguiu ainda assimilar tudo o que aconteceu.

“Não tenho palavras para explicar isso aqui. É muito angustiante chegar ao nosso local de trabalho e se deparar com essa situação. A zeladora e merendeira da escola mora aqui do lado e ela perdeu completamente tudo. Não tem como o sentimento humano bater em nós”

Bocão News