No dia errado, vereador Sérgio Nogueira pede um minuto de silêncio por Irmã Dulce

O vereador Sérgio Nogueira (PSDB) pediu um minuto de silêncio pela morte de Irmã Dulce, durante sessão ordinária, nesta terça-feira (13), na Câmara de Vereadores de Salvador. “Quero pedir um minuto de silêncio, porque hoje a nossa santa, a nossa mãe, Irmã Dulce, faz aniversário de morte”, disse. Irmã Dulce morreu no dia 13 de março de 1992.

O presidente Geraldo Júnior (SD) chegou a conceder o pedido, um dos vereadores questionou a ação, e Nogueira retrucou: “O senhor não sabe que ela morreu, não? O senhor é católico ou não é?”.

Na oportunidade, o vereador Joceval Rodrigues (Cidadania) explicou a simbologia do 13 de agosto para a beata. Segundo ele, hoje, ela completa o dia onomástico, ou seja, é o dia de aniversário onde aquela consagrada toma a decisão de levar uma vida consagrada. “Então, hoje é um dia de festa, de alegria”, explicou.

Metro 1



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *