Nenhum vírus que mata é bem-vindo, diz OMS a Bolsonaro

O comentário do presidente Jair Bolsonaro (PL) de que a variante Ômicron do novo coronavírus é “bem-vinda” no Brasil, foi rebatido pelo diretor de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), Michael Ryan. As informações são do portal Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias.

“Nenhum vírus que mata pessoas é bem-vindo, especialmente quando há indivíduos sofrendo”, afirmou Ryan, durante a conferência semanal da entidade sobre a Covid-19, ao responder sobre a fala do chefe do Executivo brasileiro.

O diretor lembrou que, mesmo as primeiras evidências mostrando que a nova cepa provoca sintomas leves na maioria dos pacientes, muitas pessoas estão em hospitais, precisando do suporte de ventilação mecânica.

“É uma doença que pode ser prevenida por vacinas. É muito importante lembrarmos que a pandemia ainda está nas nossas mãos. Há muito o que podemos fazer e não é hora de desistir. Não é hora de ceder. Não é hora de declarar que este é um vírus bem-vindo”, disse.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *