Mulher moradora de Maracás é presa com R$ 6,35 mil em operação PM na Penitenciária de Jequié

Uma mulher residente no município de Maracás foi detida em Jequié com a importância de R$ 6,350 em espécie durante a Operação Alcatraz [menção à famosa prisão de segurança máxima situada em uma ilha da Califórnia], realizada por efetivo da 2ª Cia/PM do 19º BPM, com o intento de coibir a entrada de produtos ilícitos no Conjunto Penal de Jequié, principalmente armas, drogas e celulares, considerados hoje, o ”grande gargalo” das unidades prisionais, pela facilidade com que os detentos tem acesso à comunicação externa para articulações criminosas. Rosiane dos Santos Lima, estava com o dinheiro e um aparelho celular.

A Operação Alcatraz foi desencadeada na manhã deste Domingo de Páscoa (22), dia de visitas aos detentos, quando o fluxo de pessoas é intenso no presídio, com o histórico de tentativas de entrada de pessoas portando os materiais ilícitos, tendo sido montados pontos de abordagens a veículos e pessoas nas vias de acesso à unidade, com a realização de buscas pessoais e vistorias minuciosas a veículos.

Foi apresentada como produtividade da operação: 63 pessoas abordadas, 9 motocicletas abordadas, 12 carros abordados, uma moto apreendida e um ônibus abordado. Foram utilizados no efetivo um Sub-tenente, dois Cabos e oito soldados.

Blog Marcos Frahm