Mulher fica 2 dias presa em casa com corpo do marido por causa de quarentena na Itália

A quarentena empregada na Itália fez com que uma mulher ficasse presa com o corpo do marido morto por coronavírus dois dias. O corpo ficou estirado no chão da casa até que equipes responsáveis chegassem para fazer a remoção. A situação aconteceu na região de Borghetto Santo Spirito.

Informações de um jornal local relatam que a mulher pediu ajuda a militares, no entanto, o risco de contaminação fez com que os soldados não entrassem na casa até que o resultado de exames do corpo e da mulher fossem liberados.

A remoção e preparação do corpo foram feitas por funcionários de uma funerária utilizando macacões de proteção e outros equipamentos de segurança. O caixão também é especial, feito de zinco, e o corpo será transferido para um necrotério autorizado para a realização de autópsias de mortos com coronavírus.

BN