Mulher acusa Neymar de estupro e registra boletim de ocorrência

Uma mulher registrou um boletim de ocorrência, onde acusa o atacante da seleção brasileira e do PSG, Neymar, de estupro. Segundo o documento registrado nesta sexta-feira (31/05) na 6ª delegacia de Defesa da Mulher, em Santo Amaro, na capital paulista, o fato teria ocorrido em 15 de maio, em Paris, na França.

O nome da mulher é mantido em segredo. Mas caso ela tenha registrado um Boletim de Ocorrência falso, pode responder por denunciação caluniosa, além de calúnia, injúria e difamação.

No documento, a suposta vítima afirma que conheceu Neymar no Instagram. Após conversa, ficou acertado, por meio de um amigo do jogador, chamado de Gallo, que ela receberia passagem e hospedagem para viajar à França para conhecer o jogador brasileiro. Segundo o relato, ela ficou hospedada a partir de 15 de maio no Sofitel Paris Arc Du Triomphe e, por volta das 20h, Neymar teria chegado embriagado ao hotel, onde teria ocorrido o crime.

Segundo a mulher, eles trocaram carícias e em um determinado momento, Neymar ficou agressivo e, mediante violência, praticou relação sexual sem o consentimento. Ela disse no depoimento que retornou ao Brasil no dia 17 de maio e que estava abalada emocionalmente. Por isso, não registrou a ocorrência antes.