Morre mestre Zé Bala, pioneiro da capoeira na região de Ipiaú

Faleceu aos 84 anos de idade mestre Zé Bala, um dos primeiros capoeiristas da região de Ipiaú, que durante mais de sessenta anos ensinou a arte marcial afro brasileira, tendo seu nome reconhecido como um dos maiores divulgadores da capoeira no sul da Bahia.

Fotógrafo de renome que atuou ao longo dos anos 70 e 80 como ‘retratista’, cobrindo eventos e registrando fotos para documentos diversos, Zé Bala residia em Ipiaú na Rua Edvaldo Santiago, antiga Feirinha.

Há cerca de dez anos se mudou para Ilhéus, onde faleceu na noite desta sexta-feira (13) depois de longo período de enfermidade.

Casado com Dona Luzia, Zé Bala era pai do músico Jorge Bala, do também capoeirista Lelo Bala (atualmente vivendo na Noruega), da fotógrafa Débora Lima e do religioso Charles Lima.

Capoeiristas de toda a Bahia lamentam o seu falecimento.

Ipiaú Online