Morre Lázaro Brandão, ex-presidente do Bradesco

O ex-presidente do Bradesco Lázaro de Mello Brandão morreu, na manhã de hoje (16), aos 93 anos, após complicações geradas em cirurgia de diverticulite. Ele deixa esposa, duas filhas e um neto.

Brandão trabalhou no banco entre 1942 e 1999. Ele assumiu a presidência em 1981, no lugar de Amador Aguiar, fundador da empresa, falecido em 1991. Foi em sua gestão que o Bradesco se tornou a maior instituição bancária do Brasil, posição perdida em 2008, depois da fusão entre o Itaú e o Unibanco.

Mesmo após deixar a presidência, ele permaneceu no comando do conselho de administração do banco e só deixou o posto em 2017.

Metro 1