Ministra Damares Alves declara que Feira de Santana é um exemplo para o Brasil em atenção ao idoso

A ministra da Mulher, Familia e Direitos Humanos, Damares Alves afirmou no sábado (17), que a cidade de Feira de Santana é um exemplo em atendimento ao idoso. Ela participou da inauguração da nova sede do Centro de Convivência Zazinha Cerqueira no bairro Muchila. Damares Alves que por dez anos morou em Feira de Santana disse que estava alegre de voltar à cidade e presenciar a atenção e o respeito que Feira de Santana tem com os idosos.

“O que está acontecendo aqui hoje pode ser um exemplo pra o Brasil. O ministério está inaugurando um dos projetos nessa obra do centro de convivência que é o Programa Viver. A inclusão do idoso na tecnologia e também a educação financeira, a educação alimentar. Estamos também fazendo outras parcerias que é o espaço 4.0, de qualificação de jovens para o mercado de trabalho, além de outras iniciativas, como o apoio ao trabalho com pessoas com deficiência”, acrescentou.

Ela comentou ainda sobre a necessidade de proteção a crianças no Brasil. Ela relatou que nunca na história as crianças foram tão atacadas como são hoje e é preciso enfrentar a violência contra as crianças.

“Uma forma de violência contra a criança é a violência e a exploração sexual. A gente vai fazer esse enfrentamento junto no Brasil. Vamos superar isso e erradicar a violência contra a criança. Não dá mais pra ter 30 crianças sendo assassinadas por dia no Brasil”,afirmou.

A ministra Damares Alves destacou as denúncias que recebe através do serviço disque 100 envolvendo principalmente criança e idosos.

“Tenho recebido imagens de idosos amarrados em chiqueiros, acorrentados dentro de casa. Não dá mais para a gente suportar isso. A violência sexual contra crianças virou comércio. Estamos diante do inferno que é o estupro de bebês. Eu recebo denúncias e imagens e infelizmente, sou obrigada a assistir. Tem dias que nossa equipe do ministério não dorme, aterrorizada com tudo está acontecendo. Mas, isso vai acabar”, garantiu.

Acorda Cidade