Minas registra 14 mortes por causa das chuvas; buscas continuam

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais confirmou a morte de catorze pessoas em decorrência das chuvas fortes que atingem o Estado nos últimos dois dias. Em Betim, região Metropolitana de Belo Horizonte, um deslizamento provocou a morte de quatro pessoas na madrugada de hoje (25). Foram duas casas atingidas pela lama e água, em uma delas estavam um casal e uma criança, e na outra, um homem sozinho.

Há pelo menos dezesseis pessoas desaparecidas, 2500 desalojadas e outras 791 desabrigadas em todo o Estado. As chuvas provocaram alagamentos e transtornos em pelo 36 municípios, sendo a Leste e a Grande Belo Horizonte as mais prejudicadas, segundo a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec).

A previsão para hoje de tempo ruim no Estado preocupa a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil de Belo Horizonte, a capital mineira deve ter o céu encoberto com chuvas a qualquer hora do dia. A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) elevou ontem o status de operação do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) para alerta máximo por contas das tempestades que atingem as regiões Sudeste e Centro-Oeste do país.

Metro 1