Militantes fizeram protesto em Itabuna

protesto-megafone-g-20100107

Militantes e sindicalistas protestaram nesta quinta-feira em frente à gerência regional do INSS, na Avenida Ilhéus, no centro de Itabuna, contra as propostas de mudança na concessão de aposentadorias e benefícios.

Um dos pontos criticado é o aumento de idade para a concessão de aposentadoria aos trabalhadores. Os manifestantes reclamam que o governo quer “acabar com direitos que levaram anos para ser conquistados pela classe operária”.

Os sindicalistas afirmam que o déficit na previdência Social não ocorre devido ao aumento da expectativa de vida, mas por causa da sonegação de empresas que o governo não combate. Os maiores devedores do INSS são estatais.

Alegam ainda que, na média, a expectativa de vida nos estados do Nordeste não ultrapassa 70 anos. Eles informaram que estão se mobilizando em todo o país para tentar evitar o aumento da idade mínima para a aposentadoria.

Não existe ainda uma proposta de reforma previdenciária, apenas sugestões que partem de membros do governo Temer, economistas e políticos. O governo diz que vai construir a proposta em conjunto com a sociedade.

A Região