Mesmo após pedido do PP, Rui diz que não quer renunciar cargo: ‘Ficarei até último dia’

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), disse nesta segunda-feira (19) que a vontade dele é de permanecer no posto até o fim do governo, em 31 de dezembro de 2022.

A ideia tinha sido reacesa pelo PP, que pediu ao petista que ele deixasse o posto para que o vice-governador João Leão assumisse o comando do Executivo estadual por nove meses.

“Terei o maior prazer de ficar até o último dia do meu mandato. Eu não tenho essa ansiedade, esse desespero por sair candidato a senador, eu nunca fiz da minha vida essa obsessão por cargo público nem por carreira política, eu faço parte de um grupo político e o que for melhor pra esse grupo político que vem transformando a Bahia e que quer ajudar a salvar o Brasil, eu estarei a disposição desse grupo”, disse, em entrevista coletiva.