Má notícia para Cleraldo: Banda libera o voto dos seus eleitores e diz que “não apoiará ninguém”

bandacleraldo

Analisando a carta de despedida da candidatura a prefeito redigida pelo ex candidato Miguel Tanure, o popular “Banda Roxa’, alguns pontos tem chocado a opinião pública nesta quarta feira (31).

O primeiro ponto, bastante incisivo, é uma crítica aberta ao que chamou de “alta rejeição” do governo do prefeito Deraldino Alves de Araújo, seu padrinho na campanha eleitoral. “A rejeição da atual administração é alta e foi repetidamente comprovada por pesquisas”, diz o texto.

Miguel Tanure vai mais longe ao citar a “falta de comprometimento de algumas peças” na sua campanha. O que nos parece bastante indicativo de que o próprio prefeito não teria lhe hipotecado o apoio necessário para seguir na missão.

As peças no tabuleiro político de Ipiaú ainda podem mudar, já que a política é como nuvem, mas até o momento o que prevalece, de acordo com a carta de Banda, é a tendência de que ele não suba no palanque de Cleraldo Andrade, como se esperava, já que Tanure foi bastante claro ao dizer: “A minha decisão, no entanto, nao significa apoio a nenhum outro candidato.Peço que vocês fiquem tranquilos para apoiar e votar em quem quer que seja, de acordo com as suas consciências”.

Será que em algum momento Cleraldo conseguirá evitar o enfraquecimento do seu grupo, trazendo Banda para sua base política? Veremos. Por hora o que se nota, entretanto, é uma grave e inédita divisão na base de apoio do prefeito Deraldino Alves no município.

Ipiaú on Line / Celso Rommel