Justiça decreta prisão do acusado de atropelar e matar dentista em Ilhéus

A justiça decretou a prisão preventiva do empresário Tharciso Romeiro Santiago Aguiar, acusado de atropelar e matar Ranitla Scaramussa Bonella, de 23 anos, na cidade de Ilhéus, na região do sul da Bahia.

A cirurgiã-dentista foi atropelada, no dia 11 de junho deste ano, enquanto estava na faixa de pedestre. O homem fugiu do local sem prestar socorro à vítima.

Dois dias após a morte de Ranitla, o empresário se apresentou na 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) de Ilhéus, na companhia de advogados. Durante depoimento prestado à polícia, ele afirmou que fugiu sem dar socorro porque temia sofrer agressões de populares que viram o atropelamento. Tharciso foi liberado depois que deu sua versão sobre o acidente.

A jovem foi socorrida pela população após ter sido arremessada a cerca de 20 metros. Logo em seguida, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) esteve no local, mas os paramédicos nada puderam fazer, já que a vítima estava sem os sinais vitais. A família da dentista afirma que ela permaneceu viva por 30 minutos após o acidente e lamenta o fato do condutor do veículo não ter prestado apoio.

Bnews

Veja mais notícias no Ipiaú Online e siga o Blog no Google Notícias