Jornalistas da Globo usam azul e rosa para entrevistar ministra e internautas apontam “afronte”

Horas depois de toda a repercussão de sua frase sobre meninos e meninas, a ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, participou do “Jornal das Dez”, telejornal da Globo News.

Nas redes sociais, internautas apontaram a atitude de jornalistas da Globo como uma provocação à ministra. Isso porque a repórter Andreia Sadi vestia azul, enquanto o jornalista Merval Pereira estava com uma camisa cor de rosa.

Durante todo o dia um vídeo no qual a ministra Damares cita que “menino veste azul e menina veste rosa” circulou nas redes sociais, gerando uma série de protestos e reclamações.

Durante o programa, Damares Alves falou sobre o assunto e disse que não se arrepende de ter disparado a frase. Ela alegou que fez uma metáfora contra a ideologia de gênero nas escolas.

“De jeito nenhum [me arrependo]. Foi uma metáfora. Temos no Brasil o outubro cor de Rosa, do câncer de mama das mulheres. Temos o novembro azul, de câncer contra o homem. O que eu quis dizer é que vamos respeitar a identidade biológica das crianças”, disse. “Vamos deixar as crianças em paz, vamos deixar elas serem crianças na sala de aula”, acrescentou.

Na web, seguidores gostaram da atitude dos jornalistas da Globo. “A repórter do Globo News vestida de azul pra entrevistar a Damares, amoooo”, comemorou um telespectador.

“A repórter da Globo News entrevistando a Ministra Damares Alves de azul, senti um ar de afronte?? hahahah’ Adoro!”, disse outra. “Jornalistas da Globo News usando azul e rosa como crítica a entrevistada, a Ministra Damares Alves”, comemorou mais uma.