Itagibá: Vereador Saulo denuncia alto salário de advogado e lembra realização da Operação Carcará no município

Em contato com o programa Jornal da Nova, o vereador Saulo Carteiro (PCdoB), da cidade de Itagibá, citou o desenrolar da Operação Carcará da Polícia Federal na qual o Ministério Público bloqueou os bens dos acusados ( com objetivo de reaver aos cofres públicos a quantia de cinco milhões de reais ) incluindo o prefeito Gilson Fonseca, dois secretários e dois servidores públicos.

Na oportunidade ele denunciou o que considera “estranhas regalias” destinadas ao advogado procurador jurídico da prefeitura que seria responsável pela defesa dos réus na referida operação da Polícia Federal.

“Esse advogado já recebia 6 mil de reais de salário e agora o prefeito publica decreto com aumento no salário da ordem de cinquenta por cento, passando a ganhar cerca de dez mil por mês, o segundo maior salário pago pelo setor público do município”, disse.

O edil afirmou que deverá protocolar suas denúncias na Câmara de Itagibá semana que vem para que seus colegas de bancada possam ter total conhecimento dos fatos.

Ipiaú Online



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *