Itabuna: Fábrica da Penalty demite mais de 100 empregados

Depois da confirmação da saída da Nestlé, mais uma notícia ruim. A Penalty de Itabuna demitiu mais de 100 empregados durante o fim de semana. Segundo a empresa, o estoque está alto e não há demanda suficiente, com vendas muito baixas nos últimos meses.

A Penalty tem fábricas em Itabuna e Itajuípe, com 600 empregados produzindo bolas e materiais esportivos. Ao contrário da Nestlé, a Penalty garante que não vai fechar a fábrica e que se trata apenas de adequação à situação econômica regional.

A empresa lembra que acaba de receber mais 10 anos de isenção do Governo do Estado, por isso não deixaria a região. E que as pendências que tinha com a Prefeitura já foram sanadas. A informação foi dada ao Sindicato dos Trabalhadores em Indústrias Têxteis e de Calçados do Sul e do Extremo-Sul da Bahia (Sintratec).

O acúmulo de estoque já tinha feito a Penalty dar férias coletivas aos funcionários de um dos turnos em Itabuna.

A Região