Itaberaba: Caminhoneiro sob efeito de anfetamina é preso pela PRF com arma

Na noite de ontem (26), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou um motorista profissional em posse de anfetamina, arma de fogo e munições. O fato foi registrado por volta das 23 h, no KM 211 da BR 242, trecho do município baiano de Itaberaba.

A ação foi desencadeada quando durante patrulhamento rodoviário, os PRFs notaram que o condutor de uma carreta Volvo/FH 540, tracionando dois semi-reboque encontrava-se com o conjunto parado no acostamento da via, possivelmente apresentando algum tipo de defeito mecânico.

De imediato, a equipe se aproximou para prestar-lhe auxílio, momento em que percebeu uma exacerbada agitação do motorista. Ao ser questionado pelos policiais se havia feito o uso de alguma substância ilícita, ele relatou que faz uso rotineiro de “rebite” e que no interior do veículo havia uma caixa da substância.

Ao aprofundar a fiscalização na cabine do caminhão, os agentes federais encontraram 85 comprimidos do medicamento que é proibido pela ANVISA, sendo importado e comercializado ilicitamente. A anfetamina costuma ser usada por motoristas profissionais, como caminhoneiros, para inibir o sono e prolongar a viagem, desrespeitando, assim, a Lei do Descanso e colocando em risco o próprio condutor e os usuários das rodovias federais. O motorista abordado afirmou que faz uso do produto há aproximadamente 2 anos na intenção de se manter acordado entre as viagens.

Os policiais também encontraram no caminhão uma pistola calibre. 380 e mais 13 munições. Aos agentes, o condutor de 36 anos, disse que carrega a pistola para defesa pessoal, porém não tem o documento autorizativo de porte do armamento. Informou ainda que comprou a arma no Paraguai por 3.800 reais.

Diante dos fatos, o motorista profissional que é natural de Itaporanga D’Ajuda (SE), foi preso e encaminhado com o material apreendido à Delegacia de Polícia Civil (PC).

Ascom PRF