Ipiaú: Servidores da Sesab prestam queixa contra cabos eleitorais que teriam impedido o funcionamento de carro fumacê

Na noite de sábado (10) servidores da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), que estão em Ipiaú operando o carro fumacê, que pulveriza inseticida para combater o mosquito aedes aegypti, registraram um boletim de ocorrência no Complexo Policial acusando de vandalismo cabos eleitorais que teriam abordado o veículo e os ameaçado com violência caso o serviço continuasse.

O trabalho de pulverização para conter a disseminação do mosquito visa evitar o aumento de casos de dengue, chikungunya e outras doenças que tem no aedes aegypti o seu principal vetor.

Os servidores, que vieram de Salvador, prestaram queixa no Completo Policial de Ipiaú

De acordo com o boletim de número 20-91035, os três servidores do Governo do Estado estavam realizando a pulverização, que acontece todos os anos em vários pontos da cidade, quando passavam na Avenida Getúlio Vargas por volta das 19:20 hs, nas proximidades do Ginásio Municipal de Esportes, quando foram abordados por um grupo de cabos eleitorais, trajando camisetas azuis, que estavam em campanha política.

Conforme a queixa prestada, os cabos eleitorais teriam interceptado e chutado o veículo, subiram na caçamba da caminhonete, danificaram o pulverizador, insultaram os servidores e ainda os teriam ameaçado dizendo que “se não saíssem dali iriam desligar o aparelho”.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Ipiaú.

Ipiaú Online