Ipiaú participará pela terceira vez da Feira Baiana da Agricultura Familiar em Salvador

A Queijaria Relíquias de Minas, empreendimento da agricultora Simone Faulhaber, localizado na Fazenda Santo Antônio, região dos Bois, representará o município de Ipiaú na 12ª Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária que acontecerá no período de 15 a 19 de dezembro de 2021, em formato híbrido, presencial e virtual, no Parque Costa Azul em Salvador.

A queijaria foi o primeiro empreendimento da agricultura familiar neste município a receber o certificado de registro do Serviço de Inspeção Municipal (SIM).

A definição da participação da queijaria na 12°Feira Baiana da Agricultura Familiar ocorreu durante uma reunião do Fórum de Secretários de Agricultura do Território de Identidade do Médio Rio das Contas, na última quinta-feira, 25, no auditório local do Escritório da Ceplac, com a presença de técnicos da Companhia de Desenvolvimento de Ação Regional – CAR, órgão da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural e do colegiado territorial.

Apesar da escolha oficial, produtos de outros agricultores familiares de Ipiaú também estarão expostos na feira. Essa é a terceira vez consecutiva que Ipiaú participa da feira, realizada anualmente em Salvador.

A prefeita Maria das Graças tem sido uma grande incentivadora da agricultura familiar, por considerar que o segmento tem sido determinante para o fortalecimento da economia municipal. Ela não mede esforços para que Ipiaú esteja sempre representado na feira estadual que é uma grande vitrine para os agricultores locais mostrarem seus produtos orgânicos, de economia solidária, comercializados a preços justos.

COOPROAF
A comissão das entidades, presidido pelo Representante da CAR Regional Jequié, Jeferson Andrade, deliberou ainda que a Cooperativa de Produção e Comercialização dos Produtos da Agricultura Familiar do Sudoeste da Bahia (Cooproaf), representará o Território do Médio Rio das Contas nesse evento que visa contribuir para a apresentação e promoção de alimentos saudáveis e demais produtos originários da agricultura familiar, assentamentos da reforma agrária, povos e comunidades tradicionais e da economia solidária, dos 27 Territórios de Identidade da Bahia.

Na edição presencial da Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária serão montados 27 estandes, onde serão comercializados mais de 1.500 produtos de diversas regiões do estado. A Feira contará com muitas novidades, a exemplo da umbuteria, chocolateria, licuriteria e cafeteria, além de uma vasta programação cultural, cozinha show, vila gastronômica, espaço para lazer infantil, e outras atrações.

José Américo Castro
Prefeitura de Ipiaú/Dircom