Ipiaú: Homem é acusado de ter provocado confronto após agredir PM no Sítio do Pica-Pau

 

A central de operações da 55ª CIPM determinou que uma guarnição fizesse rondas em todo perímetro do Sitio do Pica-Pau, em Ipiaú, para averiguar uma denúncia de que um homem estava nos fundos de uma casa de cor verde.

Os militares solicitaram maiores informações, mas a Central de Operações respondeu dizendo que o solicitante se negou a complementar informações e, após reagir às perguntas com grosseria, desligou.

Mesmo diante das informações pulverizadas, a guarnição encontrou a casa verde, mas no local o solicitante, conforme os militares, teria começado a ofender, humilhar, causando vexame e menosprezando a guarnição dizendo que “demorou”, que “não atende bem o cidadão”, que ele “paga os impostos”.

Ainda de acordo com o relato dos militares, um policial tentou explicar que a guarnição não tinha informações precisas, momento em que o citado teria se exaltado, desequilibrando sua família e vizinhos e ainda teria, conforme relato policial, dado socos contra o referido policial que estava mais próximo.

“Sendo assim, foi necessário o uso da força para imobiliza-lo juntamente com o seu filho”, afirma a nota divulgada pela assessoria da PM.

O homem chegou a divulgar video nas redes sociais com ferimentos no rosto, acusando a polícia de ter invadido sua casa e iniciado a agressão.

Ambos foram levados ao Hospital Geral de Ipiaú para cuidados médicos e, em seguida, conduzidos e apresentados na Delegacia de Ipiau.

Houve danos nos óculos do soldado, lesão na mão direita e no rosto, conforme relatório do médico plantonista.

Ipiaú Online / Ascom 55 ª CIPM