Ipiaú: Documentos assinados pelo ex-prefeito Deraldino comprovam homologação de empresa investigada pela PF em operação contra fraudes em licitações

 

A Polícia Federal deflagrou na manhã da última terça-feira (06), simultaneamente as Operações “Sombra e Escuridão” e “Elymas Magus”, objetivando desarticular organizações criminosas especializadas em fraudes a licitações e desvio de recursos públicos que atuavam em diversos municípios da região sul da Bahia.

Entre os municípios envolvidos, está Ipiaú, que teve como alvo busca e apreensão do processo licitatório de Tomada de Preço 007/2015, realizado no ano de 2015, onde o objeto foi a contratação de empresa de engenharia para a construção do Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS – no município.

O ex-prefeito à época, Deraldino Araújo, comentou o assunto na tarde desta quarta – feira (07), alegando que não homologou a licitação vencida pela empresa investigada.

Em nota enviada a imprensa, o ex-gestor afirma que, na ocasião, a Secretaria de Administração do Município, ao perceber a falta de estrutura da empresa vencedora, ora investigada, o recomendou a não homologar o citado processo. Alegou ainda, que, passado algum tempo, com a ciência da não homologação, a empresa desistiu da obra. Segundo ele, em ato contínuo, foi convocada a segunda colocada para assumir a construção referida.

Ocorre que, confrontando as informações divulgadas pelo ex-gestor do município de Ipiaú, documentos assinados pelo mesmo e publicados, comprovam a homologação da licitação TP 007/2015, com adjudicação à empresa BTJ CONSTRUTORA LTDA – ME.

O processo licitatório supracitado mostra ainda que, o ex-prefeito Deraldino emitiu ordem de serviço e assinou contrato de Nº 158/2015 que teve como valor global o montante de R$ 351.451.20 (trezentos e cinquenta e um mil, quatrocentos e cinquenta reais e vinte centavos).

Portanto, verifica-se que a nota de esclarecimento emitida pela assessoria do ex-prefeito de Ipiaú, Deraldino Alves de Araújo, não condiz com a realidade e com os documentos acostados a Tomada de Preço ocorrida em 2015 em sua gestão.

Confira abaixo cópias dos documentos referentes:

 


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *