Ipiaú: contratos de R$ 5 milhões preveem compra de 300 pendrives

Há menos de três meses para encerrar o exercício de 2015, a prefeitura de Ipiaú, no sul baiano, resolveu adquirir móveis, eletrodomésticos, mobiliários e computadores.

Mas, a publicação no Diário Oficial desta quarta-feira (7) chamou a atenção dos ipiauenses pela infinidade de materiais e equipamentos que a administração municipal pretende comprar. De uma só vez, a prefeitura projetou gastos que chegam a R$ 5 milhões. O montante corresponde a quase tudo que o município consegue arrecadar em um mês. Conforme dados do último relatório fiscal, Ipiaú arrecadou R$ 62,5 milhões, o que corresponde a uma receita mensal de pouco mais de R$ 5,2 milhões.

A lista consta uma infinidade de itens. No lote que trata da aquisição de aparelhos eletrodomésticos, a prefeitura pretende comprar 37 lavadoras de roupas de 9 kg, 47 batedeiras planetárias, 66 microondas de 18 litros, 65 liquidificadores e 82 fogões quatro bocas e 80 descascadores de laranja. Os gastos previstos chegam a R$ 125 mil.

Em outro lote, que trata de equipamentos para cozinha industrial, a gestão planeja comprar 90 fornos industriais, 99 liquidificadores industriais, 44 batedeiras industriais e 35 espremedores de frutas industriais. Neste lote, os gastos são de R$ 412,5 mil.

Só ar-condicionado que a prefeitura pretende comprar a quantidade chega a 500 aparelhos das mais diversas potências. Os gastos previstos chegam a meio milhão de reais. Outra compra prevista é freezers e refrigeradores. Freezers horizontais são 58 no total. Geladeiras são 97 ao todo, 20 frigobares e 200 caixas térmicas de 22 a 24 litros. Já computadores e equipamentos de informática os gastos chegam a R$ 668 mil. Na lista, itens como 600 pendrives e 435 teclados para computador.

A reportagem tentou falar com o prefeito Deraldino Araújo, mas ele não foi localizado.

Bocão News