Ipiaú: Comissão continua trabalho de manutenção na luta para reativar o Rio Novo Tênis Clube

Integrantes da comissão que busca uma saída viável para a crise que levou ao fechamento do Rio Novo Tênis Clube estiveram participando do programa Jornal da Nova. Hilduardo Tavares e Ivan Santos falaram da luta que vem sendo travada há mais de um ano em prol do espaço. Neste tempo duas audiências públicas foram realizadas onde a população votou pela manutenção do local como área de cultura e lazer no centro da cidade.

Inaugurado em 1948, o RNTC já abrigou shows de grandes artistas como Renato e seus Blue Caps, Nelson Gonçalves e Maria Creuza, dentre outros. Hoje é um espaço inativo situado no centro da cidade. ” Estamos trabalhando muito para que um novo espaço público surja ali. Hoje já é um patrimônio público tombado e que não pode ser modificada a sua fachada. Queremos encontrar uma parceria para trazer uma solução definitiva para aquele espaço e acreditamos que a prefeita terá um carinho especial em relação ao Rio Novo Tênis Clube”, comentou Hilduardo Tavares.

Na ocasião, comentaram também sobre a polêmica proposta de um empresário de compra do clube no ano passado. ” Essa iniciativa não foi adiante por falta de condições legais.

Não encontramos documentos que dessem respaldo para que essa negociação acontecesse. Até porque não houve prova da pessoa que colocava como vendedora de que realmente fosse dona do local. Essa pessoa apresentou um documento de fazenda dos primórdios de Ipiaú. Isso é complicado. Se houvesse ali uma iniciativa de construção de comércio de forma legal, poderíamos ter negociado mas o empresário não demonstrou interesse em continuar com a negociação nem com a comissão nem com a suposta vendedora”.

A comissão tem realizado constantes trabalhos de manutenção do clube e tem por objetivos primordiais reativar o CNPJ da instituição, buscando apoio para recuperar o telhado da casa, para que aos poucos o RNTC possa voltar a servir a comunidade.

Ipiaú Online