Ipiaú: Comandante da 55ª CIPM diz que vai acionar judicialmente candidato que o acusou em vídeo

O comandante de 55ª Companhia da Polícia Militar, major Jocevã Oliveira, responsável por seis cidades da micro região de Ipiaú, com quase trinta anos de serviço à Polícia Militar da Bahia, respondeu no programa Jornal da Nova a acusações feitas através de vídeo do candidato a prefeito Alípio Oliveira contra sua pessoa e o seu comando.

“O candidato tentou vincular meu nome em participação de atos ilegais e isso ele vai ter de provar. Sou um cidadão de bem, pago meus impostos em dia, como todo mundo deveria pagar, sou de conduta ilibada. Minha conta bancária está aberta e vivo somente do meu salário de policial militar. Hoje estou neste cargo indicado pelo meu comandante geral, não fui indicado por prefeitos nem empresários. Não estou a pedido ou a mando de político nenhum”, ressaltou.

O comandante citou ofensas destinadas à corporação durante manifestação política realizada em Ipiaú. “Na última carreata deste candidato, pessoas passaram em frente ao quartel com a camisa do clube que ele comanda ofendendo os policiais militares. Não esperava isso. O cidadão se acha rico e poderoso e acha que pode passar por cima de todo mundo, mas não vou me intimidar. Comando uma tropa digna e que não está a venda. O que a gente percebe nesse período eleitoral é que existe uma cegueira seletiva. Há candidatos que descumprem a lei e depois querem colocar a culpa na Policia Militar”, comentou.

O oficial PM informou em sua participação no programa que já está movendo ação judicial contra o candidato. “Ele me acusa de apreender motos irregulares durante a carreata, mas aí a culpa é do motociclista e não do policial. Em momento algum a PM estará subordinada a qualquer prefeitura. Estamos acionando judicialmente o candidato, que vem insistentemente descumprindo ordem do juiz na cidade, para que ele mostre as provas do que vem me acusando”, afirmou.

Ipiaú Online