Ipiaú: Associação dos Ministros Evangélicos responde a queixa sobre poluição sonora nas igrejas

Em entrevista ao Jornal da Nova, representantes da AME ( Associação dos Pastores e Líderes Evangélicos de Ipiaú ) os pastores presidente Paulo Silva e Normando da Igreja Batista comentaram quanto às queixas de ouvintes com relação à poluição sonora em temlos religiosos: ” Nós não estamos acima da lei e o objetivo é conseguir almas para Cristo e não ficar respondendo processos na Justiça”, disse o pastor Paulo.

Na palavra dos religiosos, respeitar a lei neste caso não fere a liberdade de culto. “Nós estamos obedecendo e é isso que está na Bíblia sagrada. Alguns pastores dizem que se deve obedecer só a Deus mas não é só isso. Temos de obedecer às leis e as igrejas tem de se adaptar”, acrescentou. ” Um culto com muito barulho e muita zoada não é um culto racional”, disse o pastor Normando.

A AME se comprometeu a realizar ações de conscientização junto aos obreiros e líderes da categoria.

Ipiaú Online



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *