Ipea: 23% dos jovens brasileiros não trabalham e nem estudam

Um levantamento feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e lançado nesta segunda-feira (3) durante um seminário em Brasília, revela que 23% dos jovens brasileiros fazem parte da categoria nem-nem, não trabalham e nem estudam. As razões para esse cenário, segundo aponta o estudo, são problemas com habilidades cognitivas e socioemocionais, falta de políticas públicas, obrigações familiares com parentes e filhos, entre outros.

A pesquisa ainda revela que apesar de se encaixarem na categoria ‘nem-nem’, 31% dos jovens estão procurando trabalho, principalmente os homens, e mais da metade, 64%, dedicam-se a trabalhos de cuidado doméstico e familiar, principalmente as mulheres. Apenas 3% dos jovens não realizam nenhuma dessas tarefas. As informações são da Agência Brasil.

Agência Brasil