Homem se cura de câncer com remédio pra cachorro e vira estudo médico

Um idoso de Oklahoma está chamando a atenção médica. Ele confirmou à rede de tv Koco 5, da ABC, que após usar vermífugo para cachorro ficou livre de um câncer que havia se espalhado pelo corpo todo. Dois anos depois, a doença continua em remissão.

O caso chamou surpreendeu tanto que será estudado por pesquisadores da Fundação de Pesquisa Médica de Oklahoma, nos EUA e pelo presidente da entidade, o Dr. Stephen Prescott.

Mistério

Em 2016, Joe Tippens foi diagnosticado com câncer de pulmão em estágio terminal. Deram apenas 3 meses de vida pra ele.

Os médicos sugeriram um teste clínico para prolongar sua vida, já que Joe queria conhecer o seu neto que estava pra nascer. Mas, por sugestão de um veterinário da Universidade de Oklahoma, ele acabou usando um medicamento anti-parasitário para cães, chamado Fenbendazol.

Em maio de 2017, misteriosamente, todo o câncer havia desaparecido dos exames.

Mas atenção: como não houve testes de fenbendazol para o tratamento do câncer em humanos, a medicação ainda não é recomendada pelos médicos.

A descoberta

Ao procurar um fórum on-line na Oklahoma State University, Joe viu um post que chamou sua atenção: “Se você tem câncer ou conhece alguém que tem, me dê um grito”.

A partir do post de um veterinário, ele soube que cientistas descobriram acidentalmente que uma droga de desparasitação do cão parecia combater vários tipos de câncer em camundongos.

A mesma cientista que conduziu essa pesquisa apresentava câncer cerebral, no estágio 4, com o mesmo prognóstico médico.

Ela começou a tomar as pílulas e afirma que dentro de seis semanas, como o veterinário disse, o câncer desapareceu.

Como já estava bem debilitado, com metade do seu peso anterior, Joe disse ao KOCO 5 News que encomendou o fenbendazol por sua conta e risco.

A dose das pílulas para cães custou US $ 5 por semana, cerca de 20 reais.

Joe revelou que adicionou ao remédio para cães, vitamina E, CBD – canabidiol, e curcumina.