Governo pode exigir comprovante de vacina no Carnaval, diz secretária

A secretária interina da Sesab (Secretaria de Saúde do Estado da Bahia), Tereza Paim, afirmou, na manhã desta quarta-feira (22), que uma das possibilidades para a realização do Carnaval em 2022 é a apresentação da carteira de vacinação nos circuitos da folia. Ela acrescentou ainda que está sendo pensado pelo governo do estado a comprovação da imunização como critério para entrar em outros espaços.

“ A reposta pode ser sim [para a apresentação da carteira de vacinação], de uma forma organizada. O Carnaval, na teoria, é festa que teria tudo para dar errado, mas ela dá muito certo […] O passaporte pode dar o direito das pessoas estarem mais livres”, comentou.

No programa Papo Correria do dia 24 de agosto, o governador Rui Costa informou que encaminharia um projeto de lei à Assembléia Legislativa da Bahia para garantir que apenas pessoas vacinadas com as duas doses possam frequentar os estádios, quando esses espaços puderem receber o público.

Doença

Desde o dia 10 de setembro, algumas taxas relacionadas à Covid-19 têm se mantido em um mesmo patamar. Ainda assim, a secretária interina diz que é preciso “estar em sinal de alerta” devido à imprevisibilidade do vírus.

“Estamos em um período de estabilização, depois do dia 10 para cá, só temos mantido os números de taxas de casos ativos. Temos girado em torno de 300 casos todos os dias, isso não está mudando, o número de pacientes deitados nos leitos de UTI também não tem variado muito, uma faixa de 240 pacientes. É para chamar atenção da população, o vírus não parou de circular”, completou Tereza.

Bnews