Fábio Vilas-Boas elogia baianos no São João; ‘Agora é só esperar’

Fábio Vilas Boas, secretário de Saúde do Estado e piloto maior do estado na briga contra o Covid, diz que as informações a ele enviadas indicam que o baiano teve um desempenho elogiável (fora os desordeiros de sempre que pintam de ponta a ponta).

— A polulação baiana, na sua imensa maioria, deu uma demonstração de civilidade fidelidade inequívoca ao não realizar festas fora dos núcleos familiares. O povo baiano está de parabéns.

Fábio ressalva que os eventos que necessitaram de intervenção policial foram poucos. E nada que possa impactar forte no conjunto.

Torcida — Ele também ressalva que a elevação dos números no pós-São João é inevitável. Só espera que não sejam tão altos como em 2020.

— Agora nos resta torcer para que essa elevação não seja tão significativa quanto foi a queda no período que o precedeu.

Diz Fábio que ao longo das duas últimas semanas começou a observar uma queda significativa do número de pessoas internadas e que esperam nas Upas.

— Temos hoje os melhores números dos últimos 90 dias.

No fim de semana a taxa de crescimento de infectados estava em +0,2%, era +0,5%. E o número de mortes foi de 30. Como era domingo pode ser um pouco mais, mas estava superior a 100 por dia.

O Covid ataca e mata em todos os cantos da Bahia, o que forçou a preocupação geral. Agora é cruzar os dedos. O reveillon vem aí.