Empresário diz que Marcos Valério mentiu para incriminar Lula

Marcos Valério teria mentido para incriminar o ex-presidente Lula. É o que afirma o empresário Ronan Maria Pinto, que desmentiu o depoimento do empresário sobre o suposto envolvimento do líder petista na morte do ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel.

O depoimento foi divulgado pela revista “Veja” dessa semana. “Não é de hoje que Marcos Valério, com o objetivo único de alcançar uma colaboração premissa, propaga mentiras como as de hoje”, afirmou Ronan Maria Pinto em nota enviada por seu advogado, Fernando José da Costa, ao R7.

Segundo a revista, Valério afirmou que Ronan, quando exigiu dinheiro para ficar calado, declarou que não ia “pagar o pato” sozinho e que iria citar o presidente Lula como “mandante da morte” do prefeito de Santo André.

Celso Daniel foi executado a tiros depois de ser sequestrado em 2002.