Empresa do setor de alimentação planeja investir 21 milhões de reais em Ilhéus e Itabuna

Um protocolo de intenções foi assinado pela Barry Callebaut Indústria e Comércio de Produtos Alimentícios com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado (SDE). A empresa de produção de cacau em pó, manteiga, líquor e torta de cacau pretende investir R$ 121 milhões nas suas duas unidades produtivas, que ficam nos distritos industriais de Itabuna e de Ilhéus.

A Barry Callebaut pretende realizar a modernização e ampliação da produção de ambas as unidades, gerando mais 86 empregos. Atualmente, a empresa conta com 1.065 colaboradores.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Nelson Leal, falou sobre a intenção da empresa. “É uma boa notícia para toda a cadeia do cacau, na região Sul do Estado. Trata-se de um investimento que pretende dinamizar e aumentar a sua produção, bem como ampliar, ainda mais, o seu quadro de funcionários”.

Com o investimento, completou Nelson Leal, a empresa vai manter a sua capacidade instalada de moagem de 60 mil toneladas ao ano de amêndoas de cacau e deve incrementar o faturamento em R$ 350 milhões/ano.

Para o diretor financeiro para América do Sul da Barry Callebaut , Alexandre Martinez, a assinatura do Protocolo de Intenções com o Governo da Bahia é a confirmação do compromisso da empresa com o desenvolvimento sócioeconômico do Estado.

“A nossa história com o a Bahia iniciou-se em 1999 e estamos comprometidos em continuar esta jornada por um longo período. Estamos certos de que com nossos investimentos e nossa estratégia de sustentabilidade, auxiliaremos o desenvolvimento da produção de cacau da Bahia, bem como o desenvolvimento da indústria e da economia locais”