Em vídeo, Flordelis quebra o silêncio e ataca pessoas que a acusaram de assassinato; confira


A deputada federal Flordelis (PSD-RJ) gravou um vídeo para as redes sociais alegando inocência nesta quinta-feira (10). Acusada de mandar matar o próprio marido, o pastor Anderson do Carmo, a parlamentar afirmou que vai processar todos aqueles que fizeram acusações a ela na internet.

“Teve gente que levantou falsa calúnia contra mim e me chamou de assasina sem ter me visto com uma arma tirando. Eu tenho seu print. Achou que estava calada, boba, idiota? não sou idiota”, arrematou. Flordelis avisou que seus críticos devem vender bens para pagar o processo que levarão. “Tem dinheiro não? Vende tudo que você tem na sua casa. Tem dinheiro não? Vai ter que me pagar por danos morais, ok, meu amor? Euzinha aqui não vou mais ficar parada nem calada diante de nenhuma acusação a partir de hoje”, declarou.

“Agora, [se] falou, provou. Eu tenho todos os prints de você, burrinho”, disparou. “Eu tenho prints e, através dos meus advogados… meus advogados, no plural, vamos atrás de vocês”, completou a pastora.

Ela ironizou aqueles que receberão o processo, sem citar nomes. “Lamentavelmente você vai se dar mal por ter ido igual piolho na cabeça dos outros. Tadinhos de vocês que me acusaram e que eu consegui printar, que meus amigos conseguiram printar, tenho dó de vocês”, disse.

A pastora acrescentou que precisava fazer um desabafo aos seus seguidores. “Meu foco é ganhar almas para o Reino, mas eu precisava compartilhar um pouquinho do que eu estou sentindo hoje com os meus amigos, fiéis escudeiros que oram por mim”.