Em carta, governadores do Nordeste repudiam declaração de Bolsonaro: “Profunda indignação

Os governadores do Nordeste divulgaram uma carta aberta nesta sexta-feira (19) em que declaram receber com “espanto e profunda indignação” a declaração do presidente Jair Bolsonaro (PSL) a respeito das gestões da Paraíba e do Maranhão, capitaneadas respectivamente por João Azevedo (PSB) e Flávio Dino (PCdoB).

Em um vídeo que circula nas redes sociais, o presidente aparece afirmando que “daqueles ‘governadores de Paraíba’, o pior é o do Maranhão. Não tem que ter nada com esse cara”. “Recebemos com espanto e profunda indignação a declaração do presidente da República transmitindo orientações de retaliação a governos estaduais, durante encontro com a imprensa internacional”, declaram os governadores, na carta.

“Aguardamos esclarecimentos por parte da presidência da República e reiteramos nossa defesa da Federação e da democracia”, completam.

Leia na íntegra:

Carta dos Governadores do Nordeste
19 de Julho de 2019

Nós governadores do Nordeste, em respeito à Constituição e à democracia, sempre buscamos manter produtiva relação institucional com o Governo Federal. Independentemente de normais diferenças políticas, o princípio federativo exige que os governos mantenham diálogo e convergências, a fim de que metas administrativas sejam concretizadas visando sempre melhorar a vida da população.

Recebemos com espanto e profunda indignação a declaração do presidente da República transmitindo orientações de retaliação a governos estaduais, durante encontro com a imprensa internacional. Aguardamos esclarecimentos por parte da presidência da República e reiteramos nossa defesa da Federação e da democracia.