Dinamarca vai sacrificar milhões de animais por medo de mutação do coronavírus

A Dinamarca vai sacrificar cerca de 17 milhões de visons, uma espécie de furão, por causa de uma mutação do coronavírus que já teria infectado 12 pessoas e, por isso, ameaça a eficácia de uma futura vacina contra a doença.

“O vírus que sofreu mutação através dos visons poderia representar um risco de que futuras vacinas não funcionem como deveriam. É preciso sacrificar todos os visons”, disse a primeira-ministra Mette Frederiksen.

A Dinamarca é o maior exportador mundial de pele de visons. Foi nos criadouros infectados que o governo lançou uma vasta campanha de sacrifício durante o verão. Na última segunda-feira (2), as autoridades já sacrificaram mais de 1,2 milhão de animais.

Metro 1