Desfeita proposta de compra e venda da mina Santa Rita e Atlantic Nickel por empresa sul-africana

A empresa sul-africana de exploração de minério Sibanye-Stillwater,  decidiu abandonar as negociações pela compra das minas de níquel Santa Rita e Serrote, ambas no Brasil, empreendimentos da Appian Capital, que seriam vendidas por US$ 1 bilhão e royalties líquidos de 5% sobre a produção futura.

A Sibanye pretendia adquirir as operadoras Atlantic Nickel, que opera a mina de Santa Rita, e a Mineração Vale Verde (MVV), que está desenvolvendo a mina de Serrote.

Os contratos de compra e venda já haviam sido assinados mas a Sibanye resolveu desistir da empreitada, alegando um “evento geotérmico de fratura na mina”, o qual, segundo alegou, poderia prejudicar a atividade futura da exploração

O negócio com a MVV também será encerrado, pois estava condicionado ao fechamento do negócio com a Atlantic Nickel.

Enquanto isso, a Appian diz que não há base para a  Sibanye rescindir legalmente os dois acordos.

A empresa observa em uma declaração separada que o evento geotécnico equivale a uma fratura localizada que ocorre no curso normal das operações a céu aberto.

De acordo com a empresa, a Santa Rita deverá ter um forte desempenho operacional e financeiro em 2022 e gerar fluxo de caixa livre significativo.

A Appian está atualmente avaliando todas as suas opções legais e tomará todas as medidas necessárias para fazer valer seus direitos legais.

Ipiaú Online / Mining Weekly